Zinco

Formatos Disponíveis

  • Lingotes

Aplicações

Nos dias atuais, o Zinco é empregado na fabricação de ligas metálicas como o latão e o bronze, além de ser utilizado na produção de telhas e calhas residenciais. A principal aplicação do Zinco, cerca de 50% do consumo anual - é na galvanização do aço ou ferro para protegê-los da corrosão, isto é, o Zinco é utilizado como metal de sacrifício (tornando-se o ânodo de uma célula, ou seja, somente ele se oxidará). Ele também pode ser usado em protetores solares, em forma de óxido, pois tem a capacidade de barrar a radiação solar.

História

As ligas metálicas de Zinco têm sido utilizadas durante séculos – peças de latão datadas de 1.000-1.400 a.C. foram encontradas em Israel. A primeira obtenção do Zinco foi como um sal de Zinco-carbonato, no século XVIII, com o redescobrimento do metal. Apesar de ter a sua aplicação desde a Idade do Bronze, somente um pouco mais tarde que o Zinco foi reconhecido como elemento. Ao redor do ano 1200 d.C. obteve-se na Índia Zinco metálico. O processo descreve-se como a obtenção de um metal novo, de aparência similar ao estanho. Esquentava-se o mineral de Zinco, de forma indireta, com carvão num crisol fechado e os vapores gerados esfriavam-se com o ar ambiental num recipiente de condensação, situado em baixo do crisol. Desta forma obtinha-se o Zinco metálico.