Alumínio se prepara para grande demanda no combate ao coronavírus

Apesar da paralisação de setores importantes para distribuidores de alumínio, como a construção civíl e a indústria automotiva, o segmento se prepara para um aumento na procura pelo material. Neste momento, o alumínio pode ser um dos produtos essenciais no combate ao coronavírus. A tendência de crescimento está nas áreas da saúde, alimentação e tratamento de água. 

Em nota, a ABAL – Associação Brasileira do Alumínio ressaltou que a indústria do alumínio se encaixa no Decreto 10.282/2020, que tem o objetivo de classificar os serviços essenciais para a população no combate e prevenção contra o COVID-19. O insumo está presente na produção de diversos materiais necessários para este momento, desde auxílio para saneamento básico (tratamento de água) até o uso em menor grau de hospitais de campanha. 

Uso do alumínio no combate ao coronavírus

São muitos os setores que dependem do uso do alumínio para conseguir oferecer qualidade de vida e auxílio neste momento tão difícil para a sociedade. 

1 – Saneamento básico

As estações de tratamento de água no Brasil utilizam o sulfato de alumínio como floculante, auxiliando na filtração.

2 – Embalagem de alimentos e bebidas 

Com todos os restaurantes, bares e lanchonetes fechados para consumo, atuando então por meio de delivery, a utilização de embalagens de alumínio se tornou muito necessária. Além disso, o consumo de enlatados cresceu muito devido ao consumo de produtos em casa. É comum encontrar o alumínio em embalagens para itens de higiene pessoal e aerossol, por exemplo.

3 – Materiais médico-hospitalares e embalagens para remédios 

Os sais de alumínio utilizados como auxílio em vacinas, diretamente relacionado ao aumento da imunização em diversos casos. Também é utilizado para a fabricação de embalagens, equipamentos farmacêuticos, superfícies antimicrobianas e produtos farmacêuticos. 

Além desses três itens fundamentais, o alumínio também é utilizado na distribuição de energia, transporte, bens de consumo, tecnologias de comunicação e identificação do vírus. Cada situação é de extrema importância não só para o combate ao coronavírus, mas também para a sociedade e para a economia.

Por isso, apesar da queda em diversos fatores, a indústria dos metais e neste momento, principalmente do alumínio tem um grande papel no combate ao coronavírus, atendendo a diversas demandas e auxiliando em diversos processos.